“A confiança que os meus companheiros me transmitiram ajudou-me muito” – Thierry Graça

Seis centímetros a faltar para os dois metros de altura podem muito bem equivaler ao alto nível de Thierry Graça, guarda-redes estorilista que ontem se estreou na Liga NOS. Na bancada estava um adepto especial das qualidades do internacional cabo-verdiano, o selecionador Lúcio Antunes.

A estreia foi feliz, com uma vitória que selou as contas da permanência no principal escalão do futebol português e foi por isso um dia especial para o guardião de 22 anos. “O mais importante foi ter feito a estreia com uma vitória e ainda mais porque conseguimos a manutenção de forma matemática”, disse o número 1, feliz por ter sido aposta no encontro com o GD Chaves. “O mister Pedro Emanuel foi falando comigo durante a semana e foi-me preparando para jogar. Mérito também para ele pelo trabalho que tem vindo a fazer”.

No rescaldo do jogo da 32.ª jornada, o guarda-redes reconhece que toda a equipa foi importante na hora de lhe transmitir o que precisava para estar em grande plano. “A confiança que os meus companheiros me transmitiram ajudou-me muito e quando empatámos falei com eles e disse que íamos ganhar o jogo”.

No final do encontro Thierry juntou-se aos adeptos num momento de descontração que, diz, foi uma forma de agradecer o carinho demonstrado pelos estorilistas ao longo da época. “Aquilo no final não foi apenas porque tinha muita vontade de dar o meu contributo e ajudar o clube. Quis também devolver o que os adeptos nos passam de bom, eles fazem parte do que é a nossa vida de jogador e quis dar mais uma alegria ao estar perto deles. Senti-me um adepto também naquele momento!”.

 

Leave a Reply